#navbar-iframe{height: 0px; visibility: hidden; display: none;}

Thedivasclube.blogspot.com

Thedivasclube.blogspot.com
Vestir-se bem,é um exercìcio de auto-estima.è escolher a moda que valorize os pontos fortes e camufle os pontos fracos do nosso corpo. Seguir tendências não é sinônimo de elegância é preciso saber o que fica melhor com seu tipo físico,tom e subtom de pele, forma do rosto, sua personalidade, idade e temperamento,seu estilo de vida... Nesse espaço conversaremos muito sobre moda,estilo,comportamento e sobretudo muita auto-estima,empoderamento e amor pròprio. E onde você poderá deixar suas dúvidas,opiniões e críticas sobre o meu trabalho de consultoria de imagem.Abra o seu guarda-roupa e escolha o estilo mais adapto para o seu corpo e eu vou te ajudar a preenchê-los de conselhos fashion, gratuitamente.

Tradutor de idiomas

terça-feira, 4 de setembro de 2012

DIGA COMO È O SEU TIPO FÍSICO E TE DIREI COMO VOCÈ È?


DIGA COMO È O SEU BIOTIPO E  TE DIREI COMO  VOCÈ È?







 Você tem um brilho. Você só tem que
acender a luz, e deixa-lá brilhar! [...]


è difícil encontrar quem vive bem com seu corpo, seja lá como ele estiver. Quero tentar mostrar aqui que isso é possível, e deixo claro que é preciso que você se dê a oportunidade de conhecer seu corpo, essa dica é crucial para todos os tipos e formatos de corpo, sem isso nada flui, não há elegância.
Penso que vestir-se bem é escolher a moda que valorize os pontos fortes e esconda os pontos fracos do corpo. Seguir tendências não é sinônimo de elegância, é preciso saber o que fica melhor com seu tipo físico, sua personalidade, sua profissão e estilo de vida.
A questão mais importante que inspirou-me  a redigir este artigo, no  blog The divas club,é:  o quanto se tornou importante aprender a se vestir favorecendo a forma do nosso corpo ao invèz de seguir as tendências da moda que nao valoriza certos tipos de fìsicos. Nós sempre ouvimos falar  sobre estilo, make up, o must-have do momento, sentimos falar de tendência “  das coias que estão na moda” mas nunca a moda nos dá conselhos práticos sobre o que é bom e, acima de tudo, para quem è indicado ?

Talvèz porqu
ê depois da globalização do fast food americano  hoje  foi tambèm  introduzido  leteralmente o fast fashion que chegou atè aqui atingindo as três camadas da sociedade, rico, mèdio  e pobre., com a sua linguagem e conceito de moda   que chega  sempre atè as mais  baixas faixas econòminas .Uma linguagem essencial mais às vezes adaptados à realidades e exigèncias econòmicas, sociais, culturais e pessoais diferentes.  talvèz porquê falte criatividade, recusos e interesse   e por comodidade usam apenas a mulher cabide como protòtipo de adaptamento  para como pura e mera estratègia de marketing os produtos à serem comercializados.
Ou talvez porquê os estilitas querem  somente vender o que produzem, sem  se  perguntar que são os potências acquirentes! E o que fazem, como são?.
 Porquê literalmente agente usa aquilo que a mìdia  a tv , as revistas dizem.. e  as mulheres, principalmente as  brasileiras sao profundamente influênciadas por atrizes, cantores.  
São as  Novelas as atrizes e cantoras  nacionais e internacionais a  ditar tendência na vida de milhoes de mulheres,e  decidir de nao segui-la e “ fora de moda”
 Mas a  questão ,não é tão simples como pensamos, para cada mulher, para entender o que é a forma correta de seu próprio corpo .. Se é uma maçã ou um retângulo, uma ampulheta ou uma pêra com ombros mais largos, peitos pequenos. etc
Na verdade, não é fácil também atribuir a cada mulher a uma categoria apenas com  um olhar.

A dificuldade é que de acordo com a forma do corpo  e principalmeente de peso pode ser difícil de reconhecer, ou se você é muito magra ou muito acima do peso ".
O segredo para entender a forma do seu corpo são duas regrinhas simples, não há necessidade de medi-la obsessivamente observado na frente de um espelho e dar a caça aos bandidos .
Basta perguntar a si mesma: "Quando eu  me peso que parte do corpo  possui  mairo acumulação de quilinhos, ou seja aonde ganho peso em  maneiro evidente  primeiro?"  E o segundo mètodo è ver onde a gordura se deposita  e analizar a forma das coxas, da  barriga da perna   e os tornozelos .Sao eles 'que nos diz a qual categoria pertencemos na forma do corpo, mesmo quando estamos acima do peso forma. E estas dicas  ajudam a  descubri sua forma fìsica.
Olhe-se  no espelho e imagine uma forma geométrica e  analise em qual  forma você se ancaixa, aonde acumula mais gordura etc.
Seu corpo depende de sua constituição, a partir de sua formação óssea.

 O primeiro passo para começar a melhorar o vestuário é aprender qual o seu tipo de corpo. 
Na hora de determinar seu tipo de corpo e como você vai se vestir é bom analisar estes elementos:


  • Sua estrutura vertical;(è considerar se suas pernas são longas, curtas, se seu torso é longo, curto… etc.)
  • Sua estrutura horizontal;(é a proporção do busto, barriga e quadril, tamanho do pescoço, ombros, mãos)
  • Seu peso;
  • Sua altura;
  • Estrutura óssea;( tire a medida do seu pulso e veja a sua ossatura pode ser leve ou pesadase ,grande o pequena,)
  • O tamanho e ângulo dos ombros;( estreito ou largo)
  • O tamanho do seu pescoço;( curto, comprido,grosso, fino)
  • Sua idade;
  • Seu estilo;
  • Gordurinhas indesejadas, e defeitos fìsicos.
  • Para determinar a sua estrutura óssea, meça a circunferência do seu punho.
  •   Se você mede menos de 1,57m
    Pequena: Pulso com menos de 14 cm

    Média: Pulso entre 14 e 14,5 cm

    Grande: Pulso com mais de 14,5 cm
  •   Se você mede entre 1,57m e 1,65m
    Pequena: Pulso com menos de 15,25 cm

    Média: Pulso entre 15,25 e 15,85 cm

    Grande: Pulso com mais de 15,85 cm
  •   Se você mede mais de 1,65m
    Pequena: Pulso com menos de 15,85 cm

    Média: Pulso entre 15,85 e 16,5 cm

    Grande: Pulso com mais de 16,5 cm
Obviamente haverá mudanças, por exemplo, haverá mulheres com ombros pêra quase tão largos como os quadris, as mulheres de ampulheta com tornozelos finos, mas a principal característica é a forma como o seu corpo distribui a gordura. Pegue uma fita mètrica de costureira e tire as medidas. Largura dos ombros, seios, cintura, barriga, quadril, bumbum, coxas, pernas,  barriga da perna e tornozelo.
 Agente na verdade nunca aprendeu a se vestir adequadamente segundo o nosso tipo fìsico,Mas, no final, não é culpa nossa, ninguém nunca  nos disse que algumas coisas não são para nós e  outras cosias podem sim invèz nos valorizar.
Por mais que sonhamos com isso, as tendências que arrasam nas colecções de Nova Iorque e Milão,Paris nem sempre ficam bem a todas as mulheres. Isto porque as mulheres são feitas dos mais variados tamanhos e feitios e para tirar o melhor partido daquilo que a moda nos tem para oferecer, há que conhecer bem o seu corpo e quais as roupas que lhe favorecem… assim, pode arrasar cada vez que sai de casa!
Por exemplo a mulher de Pera  têm os mesmas coxas da mulher  ampulheta.
Mais não veste da cintura para baixo  da mesma maneira, porque entreambas possuem  proporções diferentes , mas as suas formas sao a mesma.
A curva da parte lateral da bacia já è  larghinha e  vai se alargando  ainda  mais atè  embaixo do bumbum e depois diminui na direçao  do joelho. Esta forma é ainda menos pronunciada se você perder peso.Por outro lado  isto nao se verifica na  mulher Apple , porquè ela tem uma forma muito diferente nas coxas até mesmo, quando se acumula muito peso. A curva da parte lateral da bacia è mais larga, mas è mais magra na direçao dos quadris atè o joelho e se por acaso  magrecer  ou engordar as coxas não sofrerà grandes alterações.

 Existe 5 formas de biòtipo divididas em sub- categorias:


Retângulo,oval,ampulheta,Triângulo eTriângulo invertido. 

Mais falaremos mais detalhadamente nos pròximos artigos sobre cada um deles .
 E aprenderemos de uma vez por toda a  nos vestirmos valorizando o que cada mulher possui de atrativo no pròprio corpo  em maneira inteligente de acordo com o biòtipo,cor  e tipologia de pele, forma de rost e aprender a se vestir segundo a nossa idade,o que vestimos aos 15 anos de idade dificilmente vamos continuar a usar aos 30 e quando chegarmos aos 60 a moda é definitivamente outra! Entre os 20 e os 30, a nossa beleza e juventude estão no auge, sendo a fase em que podemos experimentar tudo e quase tudo nos fica bem. Brincamos com os diferentes estilos até definirmos aquele que melhor nos assenta. e cada mulher deve começar a entender o pròprio corpo apartir da roupa ìntima. escolher as roupas ìntimas certas de acordo com cada  biòtipo è fundamental para ter um vestuàrio impecavèl.
Entre os 30 e os 40 anos, podemos  trabalhar o estilo, e colocar  uma pitada de maturidade, originalidade e sofisticação – afinal de contas já somos uma Lady!
 Nesta fase da vida, há que ter mais cuidado com as modas que vão e vêm, com os decotes e o cumprimento da saia e calça, com a maquilhagem excessiva e o tipo de acessórios que escolhemos. Encarmos  a moda de uma forma mais séria, mais madura e consciente. E ao atingirmos os 50 e os 60 anos, não quer dizer que temos de abandonar a moda para sempre! Há que ter maior cuidado com a maquilhagem e escolher roupa de corte impecável, simples e sem grandes padrões… e não largue os seus jeans por nada!  nada de deixar de lado o  seu espírito fashionista! Ao 70-80 com o passar dos anos, podemos continuar a vestir-nos como jovens, sem parecer desajustada ou a tentar ser a mulher que já fomos! 




















































Sensibilidade e bom senso são as chaves para nos vestirmos e sentirmos como mulheres em todas as fases da vida.
Finalizo acresentando que  a beleza de uma mulher não está nas roupas que ela veste, na imagem que ela carrega ou no penteado de seus cabelos. Eu costumo dizer que o luxo, os mimos  é acessível com planejamento e disciplina e a belza è atingivèl com bom senso ,  auto-estima ,coerència e muito estilo.

 Atè o pròximo artigo meus amores.
Xoxò!!!

.

Nenhum comentário: