#navbar-iframe{height: 0px; visibility: hidden; display: none;}

Thedivasclube.blogspot.com

Thedivasclube.blogspot.com
Vestir-se bem,é um exercìcio de auto-estima.è escolher a moda que valorize os pontos fortes e camufle os pontos fracos do nosso corpo. Seguir tendências não é sinônimo de elegância é preciso saber o que fica melhor com seu tipo físico,tom e subtom de pele, forma do rosto, sua personalidade, idade e temperamento,seu estilo de vida... Nesse espaço conversaremos muito sobre moda,estilo,comportamento e sobretudo muita auto-estima,empoderamento e amor pròprio. E onde você poderá deixar suas dúvidas,opiniões e críticas sobre o meu trabalho de consultoria de imagem.Abra o seu guarda-roupa e escolha o estilo mais adapto para o seu corpo e eu vou te ajudar a preenchê-los de conselhos fashion, gratuitamente.

Tradutor de idiomas

domingo, 25 de novembro de 2012

O GUARDA - ROUPA INTELIGENTE- ( PARTE 1)


A IMAGEM PESSOAL, UMA LINGUAGEM QUE  DIZ TUDO.




Uma das frases mais proclamadas por mulheres em todo o mundo –  “Não tenho nada para vestir hoje!” –  surge sempre nas piores alturas: segunda-feira de manhã quando já estamos 20 minutos atrasadas, meia hora antes do jantar com os pais dele, com o chefe  em  uma reunião , almoço de empresa importantíssima com a administração, o 1°encontro, entrevista de trabalho, banco,conferència, ceminàrio de faculdade, uma viagem imprevista de ùltimo momento.
 Saiba como salvar o seu visual destas situações, seja porque não passa a ferro há semanas, ou pela falta de liquididade financeira, por baixo astral  ou porque já está entediada com o seu velho guarda-roupa.
Inspire-se. Dedique algum tempo a pesquisar em vez de ver televisão, na tarde de domingo. dedique uma horas por semana ao seu armário e gavetas – abra tudo e comece a experimentar novos visuais. Tire tudo de dentro apreveite para fazer as faxinas, limpar os armàrios etc . 

Coloque um lençol branco e forre a cama e começe a  juntar e brincar com as peças, combine-as com, acessòrios( bijoux, lenços, òculos, sapatos, bolsas etc) .
A ideia é combinar peças inesperadas. Uma vez que você aprendeu seu biòtipo, sabe sua paleta de cor sazonal( crie uma cartela com as suas cores) com base ao seu tom de pele, è fiel ao seu estilo, conhece seus defeitos  e seus pontos fortes.
 Saber se investir sem “neuras” com peças de qualidades que vão durar no tempo ..o bom gosto,o bom senso vem com facildade para ser uma mulher elegante e ter um guarda-roupa perfeito. 
Começe a tirar fotos dos outfit que você for produzindo combine e dicompie as peças princpais( mesmas) com acessorios diferentes  e o look muda completamente. 
Registre todas as sua peças, componha look bancas e outros divertidos e faça muitas fotos!
 E  crie o seu:   MY PERSONAL MOOD BOARD FASHION.
subdividindo o seu tempo nas ocaçiões de uso  nas seguintes categorias:Trabalho,lazer, passeio,coktail com as amigas, almoço de domingo,happy hour de sàbado à noite,eventos SOCIAIS( casamento, batizado,formatura,aniversàrio,natal, revèillòn) etc.
Crie vàrios  aquivos  no seu computador, smartphone, Tablet  ou uma pasta( fichàrio) com as fotos  e recortes com todas as informações necessàrias que irão te ajudar a compor em maneira ràpida os outfit cotidianos nos momentos de pressa sem renunciar em està bem vestida, confortavèl e elegante.
 As pessoas apresentam tanta dificuldade na hora de  se vestir,  diariamente quando devem sair para trabalhar , para uma viajem  ou para um encontro importante de negòcios ou especial. achando que nunca têm nada no guarda-roupa? Primeiro porquê  compram por impulso  das liquidações, ou da moda e acabam abarrotando seus guarda-roupas com peças que não têm nada a ver com seu estilo , biòtipo e com a paleta de cor para o pròprio tom de pele. 
Segundo, porquê, de tão cheios que ficam os guarda-roupas, não conseguem visualizar as peças "emboladas"e, por falta de tempo e visão, acabam sempre usando as mesmas,para    " bater" no trabalho etc.- Consequêcia? Ficam velhas rapidamente.
Antes de sair para comprar roupas precismanos  ter em mente o que relamente precisamos , temos que pensar na peça sigolarmente, saber combinà-la, adaptar-las com as que possuiamos jà ;para evitar que a peça fique  no fundo do guarda-roupa? 
 Por fim, è crucial  saber exatamente o que possuimos no nosso guarda-roupa!
Com essa informação em mãos, deve-se fazer uma lista do que falta e, ao comprar uma peça nova, imaginar com quais outras três que já tem pode combiná-la.
" pensar em estratos- camadas" 
Se você tem  roupas no armário que nunca usou, não sabe porque comprou e não tem nada que combine com elas? é bem provável que antes de sair ás compras você não faça uma  lista de peças que estão em falta no seu closet e as que podem combinar com as restantes. 
Alèm disso , muitas mulheres  ou melhor grande parte, quase 40%  das  brasileiras, compraram no tamanho errado,principalmente as calça jeans e shortinhos , saias e as roupas ìntimas.  Para comprar certo o segredo è bom senso e ser honesta consigo mesma na hora de analisar-se em frente ao espelho e ter algumas noções de estampas, decotes e comprimentos, de nùmero. 
Além disso, a peça, ao ser vestida, deve ter um caimento perfeito no corpo da pessoa. Fazer uma barra é OK, fecha mais um decote ousado tudo bem .. mas quando precisa mexer aqui e ali para se "ajeitar" ao corpo, geralmente é porque aquele modelo talvèz não foi feita para o biótipo. 
E tèm muita mulherada usando o nùmero da calça errada. por medo se assumir  numerações maiores. Ninguèm quer ser 40-42 e pior ainda adimitir que è uma 44-46( por medo de cair na categoria Plus Size). 
ASSUMA-SE , existe muitas roupas lindas, cortes bacanas e  que vestem bem quaquer biòtipo, que ficar parecendo um saco de batata ou uma linguiça defumada.
O probelma  real não è o de  aceitar e conviver com o novo size  da roupa ? è aceitar a pròpria auto imagem / auto estima. è saber valorizar e compreender que não è somente o corpo que  muda mais a cabeça que  não se adapata ao novo corpo. E caì no erro mais comum  de tentar se vestir com roupas antigas "antes do aumento de peso ou  " da nova idade"!  Se você ficou mais "madura,sofreu alteraçoes fìsicas  engordou muito, a primeira coisa è A . C . E .I .T. A - S. E!
Não adianta comprar nùmero menor para parecer mais magra , porquè o efeito è  pior ainda " cafè embalado a vaco", ou ainda se  esconder em tamahos over size. efeito" saco de batata". Na loja ninguèm vai notar sua " barriguinha..peito grande , braço mole,  culote,! Não precisa se envergonhar em pedir um nùmero maior. 
As pessoas notam em vez , quando você veste roupa que marçam demais a região genital," V de vitòria" que aperta demais  a barriga e ficam as dobrinhas pulando  por cima da calça ,os leggins  que evidenciam as celulites. o peito que explode na blusa etc. O tecido velho, furado ou  gasto,è muito feio e vulgar.Tudo isso sim  è constrangedor, ninguèm è perfeito, então para que mostar os defeitinhos, e coisas desagradavèis que nos machuca a auot estima e deixa uma imagem poluida?è melhor mostar coisas bonitas e nos sentirmos bem na frente do espelho e passar um imagem  legal, e elegante, de diva!
 A nossa intimidade e fragilidade devem ser como o nome diz "ìntimas e no interior" e não mostar sempre  tudo, a toda hora ( belo ou feio que seja ) por mundo inteiro assistir.
"Uma  mulher se veste sempre para outra mulher e nunca para agradar um homem" mais para ser o centro da atenção e para se sentir linda. Ok, não posso negar que nós, mulheres, reparamo-nos mutuamente. Às vezes chega a ser até irritante a forma indiscreta como algumas mulheres olham para outras, analisando o figurino alheio da cabeça aos pés!  Procurando saber a marca da roupa, quem è o cabeleieiro que fez o corte a cor a escova, quem  a maquia, que pdoruto usa para ter uma pele linda, etc .
Que mulher nunca viveu essa experiência ao andar na rua, passeando pelo  shopping , na discoteca, no barzinho, na praça , cinema no restauranre ou  numa festa?  francamente,todas nòs!.
Outra coisa interessante e que muitas mulheres adoram fazer: parar uma outra mulher  para perguntar onde ela comprou aquela peça que está vestindo etc .Tem gente que detesta isso acha indiscriçao, careta e ver isso como uma pontinha de inveja ! E,inventa uma resposta falsa . 

Mas não seria o caso de  contar numa boa e revelar os segredinhos ? Afinal, isso é um elogio ao  bom gosto da pessoa que está vestindo a roupa, que acertou no corte, na cor , na maquigem  què tèm elegància etc.
Ao vestirmos uma roupa, estamos passando uma mensagem e temos um objetivo - mesmo naqueles dias em que, por falta de tempo, optamos por pegar a primeira  peça  de pano que aparece no guarda-roupa, somente para se cubrir e proteger o corpo.tudo com a disculpa   da praticidade, comodidade, BASIC!
Você, DIVA que adora poder entrar numa loja, perfumeria e consumir; que fica  acompanhando blogs,revistas, desfiles de moda de mulheres lindas, modelos, blogueiras  que aprecem financeiramente privilegiadas usando os últimos modelitos lançados , perfumada bem cuidada; que quase enlouquece quando vê aquele sapato maravilhoso de uma coleção nova diante de seus olhos, fica babando pela bolsa ou brinco, mas que quando consulta seu saldo ou o limite  do seu cartão cai na real e vê que não dá pra bancar seus sonhos consumistas estourando o seu limite ou pagando os olhos da cara em juros por ter parcelado em 100 x atè o ùltimo neurònio do cèlebro! 
 Existem muitas DIVAS no Brasil e e fora dele que se sentem tristes e inferiorizadas  por não serem do time das chamadas "bem-nascidas" “  patriçinhas e isso não é nada bom. 
Estilo não tem nada a ver com dinheiro, ou grife tem a ver com personalidade, atitude, saber escolher gostar de si e saber usar o que lhe cai bem e lhe favorece..Aliàs eu jà  vir muita patriçinha "cafonchic"  e brand de grife famosas  rodar pelas ruas  em pessoas com mal gosto para se vestir. 
Grife e não è sinònimo de elegância.
 Agente não vale pelo aquilo que conquistamos. 
A elegância não significa ser notado, a elegância significa ser lembrado.
 Bem, você não está sozinha  nesta barca,porquê quase toda mulher  já sentiu e fez loucuras  isso pelo menos uma vez na vida, não é mesmo? È apesar desta matèria não ser muito encorajante quando falamos em consumismo com a crise econòmica mundial indo pela ladeira a baixo. 
Observa-se, com base nos recentes indicadores socioeconômicos globais, que todos os países, em maior ou menor escala, estão sendo afetados pelos efeitos da retomada da recente crise na economia mundial e que de cosequència o consumismo das pessoas contuna a diminuri, apesar de a mìdia e a moda  impulsionar as fashionista ao consumismo.
Agente tenta ser otimista e se encoraja a  reccorer a produtos low cost de baixa fatura e pouca durabilidade, para nao deixar de comprar “ os mimos” devido ao “temor” de recessão global.
 E não adianta correr nas liquidaçoes e comprar tudo compulsivamente somente porqè tà liquidado por -80% de um artigo que não serve, que não combina com a cor da pele, mesmo sendo na cor linda da ùltima  moda   nao combinar com a cor do nosso cabelo, que nao valoriza o biòtipo , a altura e quem nao tèm nada ver com o nosso estilo. 
Mais fazer shopping inteligente  uma vez ou outra è uma  ajuda extra à nossa imagem no espelho ( quem não se sente linda numa nova roupa ou sapato? Com um novo corte, make-up e traz uma satisfação ! A pesar que muito passageira, é bom frisar. 
Mas sabe de uma coisa? O legal mesmo é usar a criatividade  e saber coordenar e reinventar aquilo que se tem no armário, sem depender das compras do balço familiar  ou do dècimo terceiro de fim de ano sem pesar no no orçamento de fim de mès. 
Imagine ficar um bom tempo sem comprar nada,  ser ter lazer,só fazendo uso daquilo  que possui  jà, comprando roupas low cost de pouca durabilidade" roupas de saco de lixo" è a realidade de muitos. Pela condição social talvèl, mais na relaidade a maioria è por falta de informação, de interesse mesmo." deixa a vida me levar" Deixa a porca torcer o rabo e  rolar na lama mesmo junto com a auto estima, o amor pròprio.  
Porquê começam a investir em coisas mais importantes do que  comprar roupas e cuidar da propria imagem,   formando um cìrculo viçioso di acúmulo da irresponsabilidade e do consumismo. 
Poupar finalmente algum  dinheiro para os estudos, para nova casa, viajem , ivestir   as economias em uma inteligente caderneta de poupança, pensar no futuro, sem deixar de viver o presente.
 Tèm uma infinidade de motivos que conduz muitas mulheres a renunciar a sim mesma. 
Afinal ,viver do seu próprio armário durante meses ou anos  é o maior ato de desprendimento  ecosustentavèl  do mundo capitalista que uma mulher pode praticar. E conduzir  um fio invisivèl de igualdade com milhões de mulheres que enfrentam esta luta diariamente chama-se garra. Por isso, resolvir por conta do meu passado de tambèm  me sentir uma das milhões de  fios condutores invisivèis ,em  dar dicas de como programar o guarda- roupa, essencial e  inteligente com base ao biòtipo e ao estilo de ser.
No Guarda-roupa inteligente de uma "diva" existem os outfit para as vàrias oçasiões sociais, existe o espaço para os acesòrios,  e existem muitos look curingas passpartuot e prêt-à-porter.
Que são roupas versatèis,o salva oçasião, e a prova de estação de  ano. ou seja funciona 365  dias do ano. Tais como:Peças bases(calças, saias, blazers e vestidos) em cores neutras ( CORES UNIVERSAIS e NEUTRAS)e cortes mais tradicionais, que combinem entre si. interessante é camisa branca, camisa de seda, calça de alfaiataria”socail” a jaqueta de couro dentre outros  que combina com todas essas peças.
Tenha algumas opções mais baratas e descartáveis, ou seja, "da moda" sem renunciar a qualidade do produto e durabilidade è possivèl sim comprar bem, gastar o necessàrio em manera razoàel  e ter peças que duram anos, com caimento lindo e corte  perfeito e cromia correta para cada mulher viù? È sò olhar nas lojas com calma, analizar os preços, ficar antenada na moda mais interpretando com o pròprio estilo e levar na bolsa uma  lista de compras  organizada  por setor  e necessidade escolhedo as peças bàscias corretamente duarante as  megas promoções e liquidação, sem  se empolgar com as etiquetas vermelhas  nas lojas e brands famosos e acabar levando peças desnecessárias e sem muita utilidade que dificilmente combianam com as que temos jà enterrado no fundo do armàrio.

 Lista  organizada de compras por setor e necessidade.



-para comprar  anualmente:  trabalho, esporte, universidade, lazer. 

- para comprar a cada 6 meses por ano: geralmente meias, lingerie e peças básicas

- para comprar a cada dois anos: itens que são muito usados mas que podem ser MENOS usados caso tenha uma variedade maior semelhante;

- para comprar de três à cinco anos: peças que podem ser substituídas por o outros modelos.
- para comprar de 6-a 10 anos: (trench coats ,casacos,  jaqueta de couro,etc

- para comprar com uma frequência maior que dez anos: bolsas, cintos, lenços de qualidade.
 Fazer shopping não è um jogo de criança  se faz com consciência consumista ecosustentavèl! Colocando em cima no topo da lista os intens importantes. No meio os que serve sempre  e por fim ,saber comprar ìtens da lista por necessidade que  se baseia em comprar peças que possam ser usurfruidas  sempre e acessoriadas com outras.
Exemplo:
Compar uma  peça  glamourosa e descolada, que assuma um visual comportado para uma apresentação de negócios.
- Um acesòrio  neon  "fosforescente", que é a última tendência. Mais que seje elegante e sofisticada a qualquer hora do dia. 
- Peças com babados e apliques  românticos,  mais combine com s peças clássicas de alfaiataria.
- vestido colorido e vaporoso, que  circule  com estilo em num ambiente formal de trabalho.
- Casaco branco, de linho levinho, para as noites de verão,   e no contempo uma vàlida  alternativa de look para uma reunião profissional. etc  
 E por ùltimo  no fundo da lista os  itens opcionaIS que significa que  se sobra um dinheiro  extra ,se compra  o dècimo  colar, òculo, ou o  trigèsimo cachecol,a cinquentèsima sandàlia ou bolsa inùtil  com a cor e o modelo  de tendência.
 Para poder evitar momentos pouco inspirados na hora de se vestir, procure investir em peças de vestuário versáteis, ou seja, roupa que possa ser usada de várias maneiras,  que transitam do dia para noite, que se usa durante as 4 estações do ano.
 Apostar em peças multifacetadas,dubleface incluem roupa, bolsas  ou leços  que até pode ser vestida do avesso. 
Vale tambèm “roubar” algumas peçinhas bàscias ( gravata, colete, calça jeans retas) procurando  ânimo com muito bom humor  no guarda-roupa masculino(  do maridão,pai  namorando...) Criatividade não tèm limite!
E por fim ,cada vez mais popular clothes swap juntar o útil ao agradável “ a fome com a vontade de comer” – uma troca de roupa! Marque na agenda um sábado à tarde com as amigas em sua casa, onde o requisito é cada uma levar roupas que já não veste, não lhe serve ou já não quer (faça o mesmo) e depois improvisem um gabinete de prova e procedam às trocas. sem gastar um tostão, de repente vai ter roupa nova no armário e ainda a memória de uma tarde bem passada! Repita sempre que necessário.
Assim  finalmente  neste momento de crise enconomica global  podemos usurfruir de 80%  das roupas que temos jà ,ao invèz de usar somente os  20%) .Ter um direcionamento para saber o que comprar. Ou seja :
-  dificulatando os gastos com peças que não compensam 
- ter pelo pouco uso ou para não comprar peças parecidas com as que eu já tenho;
-  diversificar as peças – quer dizer, se eu tiver mais opções de sapatos, jeans e blusas vou gastá-los menos,e vão durar mais.
- comprar peças de boa qualidade, porque elas precisam durar tanto. Assim,economizo!

Nos tornamos tão consumistas que nem percebemos que muito do que compramos é bem descartável, e de baixa qualidade e que, muitas das vezes, temos o que precisamos está no  fundo do armário empoeirado.
 Se organizar e ter um armàrio funcional, fashion, elegante e inteligente  requer  seguir certos critèrios, eu pro exemplo sigo  estes mandamentos sacros que ao longo de minha vida e "quebrando a cara", fiz tesouro.

1.Ninguém é 100% organizado.Organização é um hábito.
2.Fazer um pouquinho por vez é a melhor maneira de se organizar
3.Menos è mais.
4.Carpe  Diem.
5.Ser  essencial , mais profundo.
6. Aprender a conviver em sociedade.
7.Não guarde o que você não usa.
8.Cuide do que você tem.Cuide-se, am-se e se valorze.
9.Doe mais. Mais aprenda a dizer não.
10.Tudo è possivèl com garra, disciplina  e planejamento.
11.Faça backup e aprenda a RESETAR.
12.“Simplifique, simplifique, simplifique!” a simplicidade è, à virtude de ser elegante.
13.A gentileza è uma arte voluntària.
14.Seja a mudança que você quer ver no mundo.
15.Somos todos inteligentes até que a arrogância diga o contrário.
16.Conhecimento é poder.A dùvida è o princìpio da sabedoria.
17.O segredo do sucesso é saber algo que ninguém mais sabe.
18.Tudo possui um valor.E Alguns têm o seu  preço. 
19.O esagero è sobra. A sobra è resto.o resto è lixo.
20.Nosso caráter é o resultado da nossa conduta.

 Basta somente fantasia, criatividade, ter bom senso, saber escolher, com bom gosto e senso critico.ajustar na costureira,dar acabamento nas peças simples. reiventar o  que temos, com detalhes criatvos e de qualidade. usar os acesòrios corretamente, e nunca tudo ao mesmo tempo. saber usar as bijùterias corretas de acordo com a morfologia.

  Aprender que tudo pode ser modificado , reinovado e transformado com os conselhos certos, mirados e personalizado, basta se auto conhecer(  pele, estilo, o biòtipo,  paleta de cor sazonal,a nossa posiçao social na sociedade, nossos compromissos, os ambientes que frequentamos e ter a garra e a ousadia de querer mudar, correr risco e dar aquele salto de qualidade.
Atè o pròximo artigo com as sèries de artigos sobre: guarda-roupa inteligente.





Nenhum comentário: