#navbar-iframe{height: 0px; visibility: hidden; display: none;}

Thedivasclube.blogspot.com

Thedivasclube.blogspot.com
Vestir-se bem,é um exercìcio de auto-estima.è escolher a moda que valorize os pontos fortes e camufle os pontos fracos do nosso corpo. Seguir tendências não é sinônimo de elegância é preciso saber o que fica melhor com seu tipo físico,tom e subtom de pele, forma do rosto, sua personalidade, idade e temperamento,seu estilo de vida... Nesse espaço conversaremos muito sobre moda,estilo,comportamento e sobretudo muita auto-estima,empoderamento e amor pròprio. E onde você poderá deixar suas dúvidas,opiniões e críticas sobre o meu trabalho de consultoria de imagem.Abra o seu guarda-roupa e escolha o estilo mais adapto para o seu corpo e eu vou te ajudar a preenchê-los de conselhos fashion, gratuitamente.

Tradutor de idiomas

sábado, 30 de janeiro de 2016

A REAL FORMA DOS CORPOS COMO IDENTIDADE; E NÃO UMA FORMA GEOMÉTRICA...



Alô divas! Tudo bem? A lição fashion de hoje é: geometria feminina. Descubra o seu real tipo de corpo e as peças que valorizam sua silhueta dentro da tua auto-estima!Ao longo da história ,a beleza se apropriou do corpo?cada época, teve a sua concepção de beleza; Então,a questão é:Qual é o novo significado e paradigma do belo hoje? Assim, na atualidade de  hoje a concepção do belo ,têm sua roupagem própria, ou melhor, seu corpo pré-definido, esterótipado e homologados de forma  paradoxal .Confiram, o novo significado do  belo,do real e do seu imaginário com relação a tua real  beleza, da real forma do teu corpo, e  como  isso influencia a tua vida.

Não é o teu corpo quê têm quê mudar para usar certas roupas ou cores; é a tua visão homologada esterótipada dele e o medo de usar as cores certas na auto-estima,que bloqueia o teu estilo.


Do nascimento de vênus à emancipação  da mulher, a exploração ...muito  foi dito e estrumentalizado sobre a  imagem da mulher ;..atualmente no mundo globalizado, de acordo com a tua visão ,qual é a colocação da real beleza? Qual preço, taxa teremos quê adebitar por estas?

 Temos quê aceitar a nova condição de  micro ship modernizada indentificadas como  "mulheres frutas,geométricas,estações do ano ;"para está apâr com as novas mudanças  estéticas  e sermos indentificadas nestas?...

 Sermos ou não sermos , êis a questão ? Sermos  tratadas como coisas, bonitas, feias, estranhas,magra, gordas,sermos cool ou glam,só porquê tantas outras jovens mulheres desejam ser  a "nova fruta" ou a nova fashion blogger ou It girl " cujo processo de reificação é ainda mais intenso e esterótipado de quanto queremos adimirtir?   To be or not to be,this is the question ?

O conceito corporal  feminino passou,por um revolucionário  percurso histórico de representações visuais e liguagem não verbais estéticos. Mais de centenas de anos se passaram e, houve uma mudança em relação ao corpo, vendo o corpo como parte da identidade de alguém e não só peçados de corpos imaginados como frutas – não em uma forma puramente física, mas como um significado de uma expressão profunda de si mesmo. David Gauntlett reconhece a importância da maleabilidade na identidade física, dizendo: “o corpo é a expressão exterior de si mesmo, para ser aperfeiçoada e trabalhada nela”.

Um dos muitos fatores-chave na criação do desejo por uma forma de corpo particular – muito notavelmente para mulheres – é a mídia, que promove um número dos chamados formas de corpo “ideais”.As figuras  proposta pela  moda são frequentemente inatingíveis pela maioria da população, e sua popularidade tende a ser curta devido a sua natureza arbitrária.Do século XV até  o XXI ,de hoje: 8 corpos femininos  considerados na sua época "perfeitos", nòs provam que não existe padrão de perfeição.Mas sim,um conceito de harmonia em cada época.


1. O look renascentista (séculos 15-17): maternal e cheio de curvas.

2. O visual vitoriano (1837-início do século 20): A forma feminina de ampulheta, com cinturinha de pilão.

3. O visual melindrosa (anos 1920): com jeito de moleca  atrevida,atitudes ousadas e irreverentes. Os novos ícones de beleza, sem curvas, magras e masculinizadas simbolizam a aspiração à igualdade e à igualdade de gênero.


4. O look elegante,sensual e austero (anos 1930-1940): trajes conservadores, mas corpo cheio de curvas e elegância enfatizada.

5. A mulher ampulheta perfeita 90-60-90 ,look sexy,ingênuo e romântico dos ( anos 1950)

6. O visual de Twiggy (anos 1960-1970): magérrimo, com jeito de criança subnutrida Até o estilo hippy desalinhado e bhoemiein. 

7. O look “maior (nos lugares certos) é melhor” (anos 1980): seios grandes,ombros largos ,quardris estreitos,pernas finas e delgadas mas cinturinha minúscula e abdôme de aço.

8. O visual falsificado e magrinho (final dos anos 1990, início da década de 2000): O corpo plastificado e polido, o triunfo de Bárbie. O cabelo  loiro. Essa era considerada a cor de cabelo mais sofisticada e preferível.

9. O visual magrinho e “saudável”, pouco realista das It's girls  (final dos anos 00 's  em 2008 até hoje):  curvas suaves, cabelo de boneca e rosto easy chic, mas magra ao mesmo tempo! Claro as plus size  super saudáveis com rosto e pele Photoshop.

Independente da porcentagem de gordura ,da distribuição do, peso ou largura óssea, as formas do corpo feminino são categorizadas em algumas culturas ocidentais desde 1980s dentro de  sete formas geométricas elementares,embora haja uma vasta variedade dos tamanhos atuais dentro destas mesmas formas,por exemplo; no Brasil, existem mais de 27 tipos diferentes de variação no formato do corpo das mulheres.

O objetivo principal de pesquisas como estas, é acabar com   com o sofrimento,e o preconceito  na hora de comprar roupa, já que o ato da comprar tem sido sinônimo de constrangimento para muitas de nós,na hora de provar numerações maiores ou menores! 


No estudo da consultoria de imagem,e de estilo,agente  aprende que a mulher possui de modo geral sete formatos de corpo diferentes . Os mesmos são apenas referenciais como um recurso utilizado para ajudar as mulheres a se reconhecerem 
, inicialmente em uma figura, como são e a entenderem o que , lhes cai bem.
E quê o tamanho/e numeração da roupa ,é irrelevante! Assim como a idade!
Muitas vezes a pergunta: "O que devo vestir?" Resultando em, desânimo na manhã / noite, na frente do armário,nas lojas,vira paranóia em tirar ou pôr uma roupa, apenas se trata de desorganização e uma  péssima análise equivocada  do corpo quê temos,da nossa pele,imagem e claro,da vida que levamos. As roupas escolhidas,  além de não reflectir a  real forma do corpo,ao sub tom da pele, não são adequados as nossas reais  ocasiões de uso. Isto pode ser devido ao impulso de compras , de depender demais dos modismos,de baixa auto-estima ou por negligência contra ela e homologação com as fashion bloggers.Agente não precisa mudar o corpo,para caber na roupa ,ou mudar de vida para fazer uso dela.
Não é o nosso corpo,pele,cabelo quê deve mudar,mais a nossa cabeça!vista o teu corpo real com a numeração certa!
 A roupa deve vestir o teu corpo de agora! E não,o teu corpo de ontem,ou de amanhã . Aliás ,o número da roupa ,muda de marca para marca!E o nosso corpo podem mudar ao longo da vida e a identificação dos mesmos pode ser interessante na orientação sobre o que vestir e como vestir, observando sempre que manter o equilíbrio e as proporções através do uso de roupas,volume,corte e cores  que valorizem cada tipo de corpo,real estilo de vida e personalidade  é um recurso para se sentir bem diante do espelho, sem mudar a essência de quem se é. 
Vamos vestir com o nosso tamanho/ numeração certa!sem medo de pedir um/dois números  maiores.
E então, vamos ser honesta com nós mesmas! Há algumas coisas erradas como a frase "na moda". Muitas vezes, serve para justificar uma compra errada, uma combinação  improvável ou compras de impulso. O shopping deve ser superdimensionada !comprar peças oversized funciona  realmente para  poucos sortudos, escusado será dizer,se estes são particularmente  altos e magro. Ao contrário, seria melhor ficar longe. Na verdade escolher rouoas de grandes dimensões, ou um tamanho menor,  não faz outra coisa, quê  adicionar pelo menos um tamanho  errado de nossa realidade de corpo.te deixa maior do quê Você realmente mostra! Calças,blusas apertada se grudadas demais;Camisas,vestidos largos e compridos demias. É importante ressaltar que estes formatos possuem diversas variações e também existem independente das numerações atual sua hoje , ou seja, é um engano acreditar que uma mulher que veste 56 não pode ter o corpo ampulheta ou que uma mulher que veste 36 não pode ter o corpo oval. Esse engano pode ser um dos fatores que fazem com que as confecções de roupas fabriquem modelagens com numerações que atendem apenas a uma minoria de pessoas,como é o caso das grande maioria de roupa hoje,encontrada nas lojas de atacado e varejo,quê vestem na grande maioria,cerca 70% ,corpo em formato retângulos ou ampulhetas  slim !

Conhecer o formato do seu próprio corpo,( real corpo), compreender o limite entre se sentir bela e seguir um padrão, sem honologar-se , aceitar que não há nada mais importante que a saúde física e emocional e Não comprar peças de roupas para um corpo idealizado ou um estilo de vida quê Você objetivamente Não têm! são maneiras de pensar que podem banalizar a felicidade de alguém independentemente do seu peso,do formato de corpo. Que fique claro, ser tamanho pp, m ou Gg não define os encantos e a beleza que cada mulher tem.Que ter uma formato de corpo oval Não significa ser gorda,plus size etc.ou ser triângulo invertido ou retângulo siginfique ser andrógina ,pouco feminina e masculinizada!

Como começar um post ? Eis uma dúvida que tem me acompanhado desde sempre, desde a primeira vez,quê publiquei o primeiro post! ( diário de uma Lady..) . Há a vontade de expor às pessoas o que penso, como vejo o mundo, o que sinto diante de certas coisas. Mas como falar disso, e sobre isso?

Refletindo sobre como vejo o universo  feminino,sem ser feminista e o mercado da moda,  sem ser fashion victim ,um mundo tão complexo e, ao mesmo tempo, ultra fútil, maravilhoso , banal, superficial, e artístico...algo que se sustenta pela aparência um inteiro mundo de negócio!

Não sou da moda, mas a tenho como companhia, assim como a, as artes impressionista, as cores ,os acessórios as jóias e bijoux  e tudo o que me cerca. É frustrante ver dicas, tendências, celebridades e looks do dia,red carpet e looks das celebridadescomo os únicos conteúdos de blogs que poderiam ir além.

Em meio a toda essa frustação, decidi acatar esse desafio e iniciar o blog! Para um público sempre maior,presente e invusivél.

Seria muito fácil pra mim vestir algumas roupas em colaboração com brands, tirar fotos, postar, dizer de onde vieram, quanto custaram e blá blá blá.!ou abrir um canal no YouTube ...Minha pretensão é traduzir em palavras tanto o que penso,tanto quando amo, escrever... como o que acontece à minha volta, e Como eu vejo,do mesmo jeito quê vocêis vêem,de forma  objetiva ,obviamente, tentando manter a moda como foco. A moda Como poderoso instrumento de transformação na auto-estima! 

Como posso compreender de verdade,qual é a real forma do meu corpo?

Meça a largura dos seus ombros, da cintura e da parte mais larga dos quadris. Mas atenção, não dê a volta completa, tire a medida de uma lateral à outra. Passe-as para um papel e compare-as. Por exemplo, se ombros, quadris e principalmente a  cintura ,costas e ombros tiverem o mesmo tamanho você é retângulo. Mas, se a cintura é a parte mais estreita, ampulheta. Quadris mais largos que ombros  caídos e toráx Mai's estreito e cintura evidente e alta  significa Pêra. Mas se, em vez disso, os ombros forem maiores, você é triângulo invertido. O corpo oval tem a cintura um pouco maior do que as outras medidas e é em linha com a largura do osso pélvico.

- triângulo 

- triângulo invertido

 -oval 

 -Retângulo  magro ossudo

- ampulheta curvy (duplo triângulos se opondo.

- oval a forma de 8

- Retângulo com suaves curvas.

O importante é saber que se vestir é um exercício de auto-estima ,e algo  tão individual  quanto escolher a cor  que você escolhe,para exprimir una emoção simples assim. O que deve estar em jogo é a segurança de sentir-se bem consigo mesma e dentro da própria personalidad e se a roupa cabe ou não  dentro dos corpos em formato de pera, banana, maçã Uva  e assim por diante, por exemplo. Não deve delimita um padrão, diminuir a auto-estima de uma pessoa a um mero vestido, classificando-o em algum padrão para poder inseri-lo dentro ou fora da sociedade idealizada consumista. É preciso encontrar a própria individuali cade e FORÇA para não homologar-se , respeitando-se e procurando valorizar a individualidade de cada pessoa.Aprender,a individualizar brands  com essa postura e atenção  e respeito aos consumidores 

Há um limite tênue entre a saúde e a beleza, que não pode ser atropelado em busca da beleza ideal, que no fundo nem existe. Quando se limita as mulheres a conceitos tão mínimos, como formas geométricas, estações,e termos Plus size,nas quais elas podem não se encaixar, limita-se também a diversidade e o respeito a esse leque maravilhoso de opções e de originalidade que em cada uma de nós existe.( Alô real beleza,Alô auto-estima!)

O corpo na sociedade hiperconsumista,hoje  é utilizado para comunicar uma ideologia, e o corpo feminino sempre foi desrespeitado historicamente  para ser explorado. A maioria das mulheres não são como os padrões estèticos ditam, muito pelo contrário, mas ainda assim um modelo estético adotado pela minoria é considerado padrão, por quê? Por que não fazem desfiles,propagandas com mulheres reais? As mulheres vêm em todas as formas e tamanhos, são diferentes, lindas de formas diversas,pele diversas, não há motivo nenhum para mudarem seus corpos ou seus estilos para se adaptarem a um padrão  de roupa que nem ao menos faz sentido, com o estilo de vida quê elas realmente levam.não há nada de errado em fugir do padrão, assim como segui-lo.o problema é quando somos obrigadas a sermos homologadas dentro de esterótipos!Toda mulher deveria simplesmente amar seu corpo,seja de qualquer forma ou tamanho. A beleza é tão somente uma contemplação subjetiva e relativa, não deveria ser enquadrada em padrões que excluem ,misuram,clasdificam e discriminam. Pode ser clichê, mas é legítimo: belo é sermos únicos .


Porém, atualmente a mulher rompe esses conceitos, ela cria seu próprio poder, porque ela é dona de suas próprias escolhas e vontades e finalmente começa entender o próprio corpo, a propria imagem.e Não têm nada a ver com feminismo,ditadura do corpo ideal e o preconceito velado; Mas como exercício de auto - estima!o corpo,é visto Como sua tela ,aonde pintar, a sua melhor expressão. Ame-o, porque ele, é seu! Vista-se de auto-estima,com as cores certas,que  você se sente melhor, vista o poder de ,ser você mesma e priorize sua autoestima e tua real beleza.

Por um mundo mais singular e sem esterótipos.Não somos peçados de corpos, algo que precisa de uma forma específica pra ser ideal,manipulada e explorada. Não existe uma definição única de beleza: a beleza é algo que atrai, é um conjunto de harmonia. "O que é bonito é bom", escreveu Platão.

Para mim,é Difícil estabelecer hoje um conceito específico da real beleza: poderia ser definida,como "um atributo original"  que é estudado sempre e ainda não foram capazes de compreender plenamente, nem definir de forma inequívoca.

Desde tempos imemoriais, filósofos, pintores  e artistas têm questionado o conceito de beleza feminina e inventados muitos aforismos e paradigmas; Para o escritor  e filósofo latino Seneca, a verdadeira beleza encontra-se em harmonia e proporção:  

"Uma mulher bonita não é o que você elogia as pernas ou os braços, mas cuja aparência geral é de tal beleza de aproveitar a oportunidade para admirar as partes individuais ".E eu,concordo plenamente quê a beleza não é perfeição,mais harmonia.

"Não é uma cintura fina,ou pernas quilômetricas,um cabelo, ou  olhos claro , o que chamamos de beleza, mas a força total e o resultado final de todas as partes."

Outros pensadores enfatizam o caráter passageiras e efêmeras: Oscar Wilde dizia,quê : "A beleza é a única coisa que a força do tempo não pode prejudicar. Filosofias cair como areia, crenças sucedem-se, mas o que é belo é uma alegria para todas as estações e uma possessão para toda a eternidade. "

Em muitos, então, chegam  a acordo sobre uma verdade irrefutável: a beleza está no corpo, mas não é redutível ao corpo. A este respeito, podemos citar Mahatma Gandhi: "A verdadeira beleza, afinal, é a pureza de coração" ou as palavras de um autor anônimo: "A beleza de uma mulher não está nas roupas que ela usa, em sua física ou como de pentear. A beleza de uma mulher deve ser capaz de ler em seus olhos,no mover dos seus gestos,e no mover das suas palavras .

Falar sobre a beleza é discorrer sobre padrões estéticos que são sempre culturais e mudam ao longo do tempo e conforme as sociedades e agente viú isso,logo acima. Há, portanto, uma história da beleza que, ao contrário do senso comum, não se refere, necessariamente à mulher e nem à aparência física.

 Ao contrário, “belo” foi, por séculos ou milênios, um qualificativo associado ao homem e aos atributos ditos masculinos, e não à mulher. Você sabia disso?

 Daí entender que, a história da beleza é, em princípio e por muito tempo, uma história masculina. As mulheres não representavam a si mesmas mas eram representadas por homens e, portanto, as imagens de mulher e da beleza feminina foram, desde a Antiguidade, construções do imaginário masculino. 

O termo grego mais próximo para beleza ou belo é "Kalón" quê  significa aquilo que agrada, que suscita admiração, que atrai o olhar. 

Os gregos antigos, contudo, não tinham uma definição clara sobre o que é beleza,ou termos ligados a essa,Como temos hoje.Associavam a beleza a outros valores. Para Platão, por exemplo, a beleza estava na sabedoria, para o Oráculo de Delfos, na justiça. Nem mesmo Homero, que cantou a irresistível beleza de Helena, definiu a beleza mas usou-a como justificativa para a Guerra de Troia. 

A Grécia e a beleza ideal teve,o seu   período de ascensão em  Atenas, no século V a.C., é da lí,quê  os gregos passaram a ter uma percepção mais clara do belo estético. Ocorria, então o desenvolvimento das artes, especialmente da pintura e da escultura com as proproções geométricas cujas imagens representavam a Beleza ideal.  O corpo humano belo era aquele que mostrava harmonia e proporção entre as partes. Beleza passou a ser identificada com  uma harmonia de proporção bem calibrada . Nascia uma matemática  e geometria das proporções do corpo humano.  Foi só,mais tarde no final do século V quê as primeiras ideias de formas do corpo feminino, exprimiu as justas proporções corporais em frações da figura inteira com base nas figuras geométricas ,as mais famosas triangulares e triângulo invertidos:  E o que era belo, para os gregos antigos, a beleza não estava no corpo feminino. A beleza era qualidade do corpo masculino mais especialmente do homem e com os deuses.

Portanto,definir a beleza em todas as suas muitas facetas é quase impossível, mas uma coisa é absolutamente irrefutável: a beleza é algo que cria prazer naqueles que a possuem e aqueles que observá-lo.E um dom no quê se  cultiva, aprimora no sublime como um todo de harmonia. 

As mulheres têm sempre  desejado  uma aparência  agradável, mas certamente nunca como hoje, a beleza foi vista como  mero instrumento de ostentação, um culto ao corpo e beleza exterior parece ser mais importante do que as qualidades intelectuais e morais: uma obsessão, uma meta a todo o custo, recorrendo, se necessário, a até a cirurgia real  extremas e na grande maioria desnecessárias.

Mas o mito da beleza não é prerrogativa exclusiva do nosso tempo, se mais de um século e meio atrás, alcançar e manter a beleza cobiçada, na verdade, muitas vezes é uma luta desesperada,impossivél : é por isso que às vezes significa ser bonito estar desesperado,e fugaz da realidade.O corpo ideal é muitas vezes pouco natural e, portanto, de difícil acesso; ao longo da história as mulheres tiveram que ser sacrificados e sofrido para alcançá-lo.E,Dada a extrema dificuldade de definir a beleza, não um conceito absoluto e extremamente mutável, pode concluir-se com a declaração do famoso artista Munari: "Se você quiser saber mais sobre a beleza, o que é exatamente, consultar um histórico de ' arte e você vai ver que cada época tem o seu culto e venere, estes, juntos e comparação de suas idades, são uma família de monstros. Não é bom o que é belo, disse o sapo de sapo, mas é bom que eles gostam. 

Enquanto tudo muda, permanece uma certeza: a beleza, diminuiu nos infinitos aspectos de cada mulher, sempre foi e continuaráo tormento e arma de sedução das mulheres.


 TAXAS da beleza feminina


Desde sempre,a  beleza feminina foi avaliado e medida em   base ,a um modelo estético de referência, reconhecido pela sociedade em um determinado  contexto histórico, social e econômico.São derivados do ideal para a estética, isto é as características típicas de beleza: quanto mais uma mulher se aproxima a esses parâmetros,mas ela é considerado a "mais Bonita". Todas as pessoas, ao longo da história, definiu beleza nas linhas de sua própria cultura e sempre alegou  definir um critério de beleza reconhecida universalmente, mas este é, inevitavelmente, sempre alterado no espaço de tempo. O ideal estético é o resultado de estruturas sócio-cultural, como é moldada e moldada pela sociedade e da cultura do momento e, como tal, está sujeito a alterações em relação à evolução das modas, costumes e hábitos. Atualmente da moda e do consumismo.A gente viú ,quê Cada  período histórico tinha o seu modelo de beleza ideal, documentada por fontes literárias e iconografia, que sempre encontrou inspiração na figura feminina. A maneira representá-as um papel simbólico que ia,mudando  ao longo dos séculos, juntamente com a mudança de gosto estético e com a maneira diferente de pensar sobre o papel das mulheres na sociedade.Hoje, pelo contrário, uma mulher é considerado bonito se ele tem um corpo   magro e esculpida por atividade física, deitas, ou com curvas se controlado e esculpido por dietas... Uma beleza atraente e de aparência luxososa! A pele branca ,lisa e sem imperfeições ,o cabelo loiro e liso,os olhos claros,etc foram durante séculos um importante parâmetro estético: mais mulheres tinham pele branca  ou bronzeadas foram consideradas mais bela; palidez  ou bronze era um sinal de distinção social. O bronzeado, pelo contrário, era inaceitável no ínicio do sèculo passado, a pele bronzeada foi o índice de exposição prolongada a obras externas, manuais e cansativas,associados ao proletariado!para Depois passar por status economicos da burguesia!Hoje, um corpo bronzeado em todas as estações é a ambição da maioria das mulheres,e homens... sinal de férias nòs trópicos, aparência saúdavel , pele uniforme e lisa.

A metamorfose da BELEZA E IMAGEM feminina na história.


Todas estas características são particularmente evidente no Venus de Willendorf, uma pequena estátua de pedra calcária  datada do Paleolítico Superior (30.000 a 25.000 a.C) e considerado uma das mais antigas representações do corpo da mulher. E casualmente esta pequena estátua não era magra  e esbelta! A mulher ideal estética,surgiu a partir dos formulários preenchidos e abundantes, intimamente ligada à imagem da procriação, tem sido perpetuada ao longo dos séculos e está presente em todos antiga civilização helênica antes disso. A beleza feminina no antigo Egito (3100 aC) A perfeição da Grécia Antiga,A beleza para  Botticelli não se baseava em um modelo, mas é a personificação da beleza através do equilibrio.O corpo da mulher visto  na pitura, portanto, devia ter três atributos de cor branca, três vermelho e três negros: a beleza está na harmonia das partes e na calibração das cores.

Quando você olha  ou experimenta uma roupa, se faz sempre uma  pergunta :- o que  estou provando, "eu realmente gosto?

"Claro que sim,se não porquê estou provando! Mas também ,"Eu estou bem,fico gorda?" "Ela reforça minhas características?" "Ela irá esconder realmente meus pontos fraços e realçar meus pontos fortes?"

Gostaria de saber ,como responder a estas perguntas ;e tornar-se um consultor de imagem para si mesma?

Eu vou te dizer algo que vai surpreendê-lo: Você sabia que a consultoria de imagem é 90% técnica e didática e 10% apenas de puro  bom  gosto?

O estilo e a capacidade de expressá-la ,através da imagem representa apenas uma pequena parte do que você pode fazer e do quê quer passar através da sua imagem.

O que significa isso?

Que seguindo as minhas instruções  e sugestões assim simples, você conseguir obter mais resultados  reais para seu estilo de vida,um resultado eficaz e não mais tarde, não amanhã, mas agora! Conselhos quê já ajudam a levantar a tua auto-estima, e parar de encontrar " desculpas esfarrapadas" para não gostar de Você mesma!

Aqui no blog ,Eu procuro dar as diretrizes básicas e umas plus , que vai mostrar-lhe  de um jeito prazeroso e descomplicado ( M.E.S.M.O!!) sobre como melhorar a sua imagem ; fornecedo as ferramentas mais  importantes e pouco comum ,menos conhecidas e óbvias.Não tem nada a ver com as tendências da moda,estas ,Eu deixo para as fashion bloggers e fashion victim de plantão!

Aqui, não falo muito das últimas tendências ,vistos pela primeira vez  na passarela, ou do par de sapatos,a bolsa  mais recente etc. Aqui Você aprende a se conhecer de VERDADE e a estabelcer,o quê  importa! mais do que qualquer outra coisa da sua imagem é a relação entre o seu olhar objetivo  e suas características pessoais reais,e imaginárias ,e Como Tudo isso afeta teu estilo de vida,personalidade e auto-estima.


Você é alta ou baixa? Curvy ou  magra ? Loira, morena,negra ou índia!

Estas questões são importantes, mas apenas o começo ...

Que enfrentam a forma de Como é  você?

 Que forma é o seu corpo real, e não imaginário? 

O que você gosta sobre si mesmo? O que você não gosta objetivamente ? 

O que você mudaria,e como ? 

É Você mesma!É Você quê acha as respostas e soluções para deixar um profissional trabalhar com Você ! E não trabalhar por Você criando um círculo viçioso de dependência!

Você sabia que quase todas as mulheres têm uma percepção errada do próprio corpo,cabelo,Pele,rosto?E Até das qualidades  e atributos em geral?

O que significa isso?

Isso significa que,se  olhar  de forma objetiva ,olhar para o seu físico  com objetividade,ver primeiro de todas as formas suas características negativas e, as milhares positivas,assim para criar meios ,e  oportunidades de melhorar seus pontos fortes partindo com a BASE ,quê já se possui,é meio caminho andado na consultoria.

Eu sei, vocêis provavelmente já estão perguntando: "

?! Como posso encontrar meus pontos fortes ,ter certeza quê certas roupas,cores,jóias me estão Bem?" Será quê eu tenho  Estes pontos fortes também ?


Claro que você têm , toda mulher tem os pontos fortes ,e uma base da qual partir!que podemos melhorar,ou só ressalatar-las  só quê Muitas não sabem Bem ,como fazer ou ter alguém capacitado e compreensivo  para guiá-lo no processo.Por esta razão o blog nasceu! Graças ao conhecimento de consultoria de imagem e análise cromática dentre outros recursos em meu pocessso,você vai aprender, você vai saber de antemão que apenas  tudo aquilo quê não parecia  bom para você,era errado,ou Quê Você acreditava ser o certo,poderá  ser ótimo no look e na tua vida.Não TEm nada de errado com tua cabeça, não teu corpo quê é mal feito, a cor e sub-tom de pele errado! E a tua auto-estima , quê distorce a realidade e a tua incapacidade é incompreensão de lidar com o novo,o real e o Aqui,agora! O corpo feminino ,o formato,peso Não definem a beleza em si.


... Mas, acima de tudo ...


... Encontre que faz você olhar especial, aquele olhar aumenta sua cada característica física de ser cada dia ,faz Você ,se sentir mais bonita e segura de si, e sempre se sentir apreciada,em primeiro lugar, a pessoa mais importante de tudo: É você mesmo!

Quer tornar-se o seu consultor de imagem pessoal?

Como o meu Método fashion nubbyams, quê ajuda de Verdade ,juntas trocaremos  informações  Como em uma sala de bate papo construtiva , items   melhorar a tua opinião com teu corpo ,e graças ao tua personalidade  desenvolver o teu estilo personalization na auto-estima.

O tema da minha primeira lição aqui no blog foi a auto-estima e amor pröprio ,algo que ocupa a mente de muitas mulheres, algo que uma mulher nunca é verdadeiramente segura,e o segundo foco a sem auto-estima,esta interligada com o segundo post,cores! ...ambas expressam uma emoção , as cores comunicam vida,sentimentos,natureza e universo,e dentro delas,um molde, o seu  próprio corpo!


Quantas vezes você pensou:


"Se eu ,não tivesse esses quadris tão largos!"

"Se apenas os meus seios eram um pouco mais .. como aquele cara!"

"Se eu tivesse as pernas mais magras  e Longas da Gisele ou mãos grossas com da Carla Perez"

Ssssssssss

Se ... se ... se ... S..s...E se, pelo contrário, em vez de mudar o seu corpo, Teu tom e sub- tom de pele ,textura de cabelo; agora você  aprendesse de verdade a  usar o seu ,e mudar a tua cabeça com relação ao teu estilo,auto-estima e personalidade  para melhorar seus pontos fortes (e esconder o que você  realmente não curte )?

Tudo isto com base na sua forma  de corpo pessoal ,com as tuas reais  características específicas do seu físico,independentemente do conceito propoção vertical e horizontal do corpo ?Oi,heim? Como você disse? Você já ouviu falar de formas do corpo?certo quê já! E quê estas formas,São classificadas com formas geométricas,ou associadas Como frutas?  Pêra,uva,banana,maçá...e salada mista?

Deu fome,não foi? Então continue conferindo,o quê vou te servir!

Então ,presumo quê Você já sabe qual é a tua forma de corpo!?

E eu lhe pergunto, você já  conseguiu se vestir corretamentes obtendo,todos os resultados que você deseja com tais informações?  realmente ,  claro o que você ler  ou já leu na internet e outros blogs ,Como o meu... ou você ainda não tem certeza sobre o que fazer, com tais informações,e acima de tudo,não sabe do porquê teu corpo a forma de Pêra ou Uva ,NÃO entra nas categorias de forma clara?

Ficou sem respostas? Talvez porque você ainda não tem certeza ou uma noção real da real forma do teu corpo?,ou o teu  entendimento com relação as reais forma do seu corpo, são aproximativas,ou porquê a explicação fornecida ou coletadas,era superficial e amadora,e  por consêquencia não tinha levado em consideração   as sete formas do corpo femininos e as   12 características específicas?

O estilo é uma coisa divertida, maso mais importante ,é quê deve ser explicada por profissionais  capacitados ou por gente quê realmente ilustra de forma clara e aberta.Dividir informações detalhadas e completas. só assim você pode alcançar os resultados que você, só poderia sonhar antes. É por isso que a minha   apresentação  no blog,é sempre feita de forma menos importante e menos visivél ! É Você a protagonista aqui !

Reveja o perfil da sua vida, auto-estima e encontre motivações!


A beleza feminina é ambivalente pois oscila entre dois padrões estéticos. De um lado, uma ideologia di beleza  leitosa, com pouca ou nenhuma maquiagem, seios fartos e prole numerosa. A maternidade triunfante e o sucesso material do marido compõem o retrato do casal ideal. De outro, a mulher doente,vaidosa, magra, de olhos fundos e na busca da afirmação social.É a beleza forte ,segura e melancólica . Ambos padrões se apoiam no estereótipo de mulher frágil, passiva e dependente que vigorou até o início do século XX. Hoje os padrões de beleza e feminilidade sofreram uma profunda mudança. Os padrões de beleza do século XXI, parece regredir e voltar no tempo,os p adrões que hoje definem o corpo canônico da mídia hoje,revela,uma  tendência estética muito predominante no Brasil. Especialmente a partir da década de 2000. tornou-se sinônimo de beleza e sensualidade femininas ostentar seios grandes à custa de implantes de próteses de silicone. No entanto, até alguns anos atrás, seios fartos eram tidos como uma característica desejável típica do corpo das pin-ups da cultura dos Estados Unidos no final dos anos 1940. pouco admirada no cenário brasileiro. Em termos de apelo sexual, o seu equivalente, no corpo da mulher brasileira, eram quadris largos, cintura fina, glúteos generosos e busto pequeno.

Então, é correto afirmar, quê , de modo panorâmico, ao longo do século XX  e Atualmente o corpo passa por três estatutos culturais básicos: o corpo representado, visto e descrito pelo olhar do outro, o corpo representante, um corpo ativo, autônomo quanto às suas práticas, consciente do seu poder visual e revolucionário, porta-voz. E Finalmente, temos o corpo apresentador de si mesmo, aparentemente a serviço de uma cultura  efêmera e pelo imediato, caracterizado como porta-voz de sem  conteúdos. Trata-se do corpo reconstruído , que busca incessantemente apagar da pele as marcas biológicas do tempo. Este corpo é, em si mesmo, o próprio espetáculo.

Então a questão é! Qual é o novo significado e paradigma do belo? Da real beleza? Qual preço, taxa teremos quê adebitar por estas?

Termos quê aceitar ser identificadas como "mulheres frutas", a ser tratadas como coisas. porque tantas outras jovens desejam ser na mídia a "nova fruta" ou a nova fashion blogger ou It girl " cujo processo de reificação é ainda mais intenso e esterótipado.

Devemos tomar como crítica o fato de sermos  as "mulheres frutas", como se, fossemos culpadas pela depreciação da imagem da mulher novamente no sèculo XXI ?Não há, no entanto, uma discussão "frutífera" sobre o fenômeno dos" homens vegetais"  e por detrás de tudo isso, uma produção expeculadora consumista ,lucrando sobre os corpos de ambos?. O prestígio viril dos homens está longe de ser apagado; ele existe em sólidas bases econômicas e sociais e encontra amparo em vários programas de TV e revistas que exploram os corpos femininos!

As mulheres brasileiras, em geral, não  são estereotipadas com a imagem de serem "naturalmente sensuais,alegres e coloridas ..." e há um mercado que lucra com esta imagem??

Afinal, estamos no auge de uma nova era super tecnológica aonde todos sabem tudo de todos  em tempos de segundos com um click! E divulgam notoriamente  de modo consensual no social network em "um piscar de olhos "!o quê mudou? A opressão,os esterótipos,preconceito  velado,da exploração da beleza etc.   nada mudou,apenas mudou a forma e seus mecanismos,quê se tornaram mais modernizados. Estes nada mais são que opressões antigas,  disfarçadas e ultra moderna.

As formas do corpo feminino  geométricos, não são ,uma invensão deste sèculo! Não existe um inventor,ou artista..existe  novamente uma grande, uma imensa máquina lucrativa quê ganha milhões  com estas novas images esterótipadas, velada  e disfarçada em geometria, frutas,legumes,objetos  e estações.... E como encarar fenômeno de excesso de peso,ainda sendo considerado como privilégio exclusivo da  faixa pobre , hoje é  recentemente encarado como um problema de saúde pública de ambas faixas economicas! Ofenômeno plus size,Como porta voz da nova idéia de beleza! O quê finalmente seria bom e oportuno para a auto-estima de milhares de meninas,adolescentes e mulheres  adultas,infelizes na propria imagem e no aceitar o novo corpo! Se não fosse,este mesmo, gerado por  um quadro contraditório, "esquizofrenizante"  o mesmo quê excluir no padrão de beleza e mobilidade social, gerando o apelo ao consumo de alimentos hipercalóricos  e vestuário absurdos e rede consumista alarmante e ao contempo  cobrança da magreza com padrão estético e agora fazem disso um caso de alarme mundial  sanitário?

Elegância e beleza cabe em  qualquer tamanho ,bolso ,forma ou côr. Ao longo de  minha vida,  a estética é algo em que sempre acompanhou minha história… Porque falo em estética, porque todas as formas possuem seu equilíbrio ,harmonia e beleza enquanto forma. Assim é o corpo humano e sua composição com as roupas…Mas não redimidos a elas! Costumamos dizer que as pessoas possuem formas… falam em “frutas”, como maçã, pera…   formas geométricas, ESTAÇOĒS do ano,e não vejo pedaços de corpos,ou tecidos e peles !eu vejo  harmonia e real beleza, quê falam de auto-estima e de amor próprio e de vida Como todo.

é lógico ,quê pensar no corpo feminino ou masculino Como   frutas, legumes ou atribuir a  formas geométricas  são bem fáceis de visualizar e comparar, Medir e indicar soluções estéticas;porém faltam algumas  formas  no convencional normalmente utilizado e erroneamente não divulgados… pensei em geometria ou em frutas e perceberá,quê a variedade é infinita,não ? E não só reduzida em cinco ou sete tipologias! Faz sentido?


... então, o mesmo acontece com o corpo humano... voltei às formas que acredito ser mais fácil de compor, sim, o vestir é uma composição ,Bem calibrada e harmoniosa… como se fossemos pintar um quadro… estabelecemos as formas ,texturas,propoções com as suas cores adequadas,temperaturas,msombras… simples assim!!!

O corpo pode ter as mais diferentes formas geométricas, assim Como na natureza existe, uma grande  variadade de frutas.E o Brasil ,como sempre lidera o racking! Se quiser, pode ver como uma pêra  pode ter tantos tipos, da mesma fruta?ou até uma “linha”.  Sempre existe um tipo de fio ,a  a forma um novo tecido .

O primeiro passo é compreender como é o formato  real e atual do nosso corpo – depois é só considerar as variações sobre as possibilidades  reais de base quê já possuímos. E trabalhar por sua vez, no quê   fica bem, e no quê devemos neutralizar.

A Moda  é um instrumento poderoso de transformação, Mas ,esta também se reduz em simples tendência… de cor, de cortes, de golas, de tecidos, de comprimentos,de  detalhes que podem ser inseridos, retirados, adapatados etc ..mas ,esta ,nunca deve ser usada “como moda”  que não contribui para  melhorar os atributos   de cada corpo -e para a  a “ real beleza ”…e auto -estima.

O corpo  apresentado a sociedade ,através das roupas e da aparência Não será o fator que determinará a sua felicidade, não  è através deste corpo, que  será construído seu amor-próprio e auto-estima, o sua vida social. Porém, “a possibilidade de esculpir um corpo ideal, com a ajuda de técnicos e químicos do ramo, confunde-se com a construção de um destino, de um nome, de uma vida,personalidade . Hoje as pessoas acham que podem traçar seu destino, como traçam seu corpo ou como escolhem as roupas e divulgam no social network!

Estar acima ou abaixo do peso,( São os por menores...) não significa muito se a saúde esta sendo priorizada ,… a estética não tem um padrão específico, de colocação social na sua vida ou nas dos outros.Como Muitos querem fazer acreditarmos, a moda deve ser uma ferramenta para constuir e trabalhar o quê já existe , e não no coletivo imaginário dos outros, Como corpo  representado,caso contrário,  usaríamos “uniformes  homologados ” e teríamos todos as mesmas medidas, a mesma roupa, as mesmas cores,..é o quê já está acontece do da algum tempo nas modas, nòs fashion bloggers nas passarelas ,na Tv, na mídia, cinema ,esporte,nas escolas , nas ruas, nòs brinquedos tudo uniformizado,homologado .... A  beleza esta justamente nas diferenças, nas imperfeições...e isso quê nós torna únicos.A beleza não é perfeição,como a feiúra/estanheza não é imperfeição; a beleza é equilíbrio e harmonia.
Vamos nòs aceitar de Verdade,com qualquer formato de rosto,corpo ,altura,tom e sub-tom de pele. Vamos trabalhar Como o real e com a base quê já possuímos,sem falsas expectativas e irrealidade.Vamos comprar menos e usar mais, construir um guarda -roupa com as roupas para a vida quê a gente leva diáriamente,e Não para a vida quê sonhamos ter!
 A real beleza de um corpo ,não deve ser descrita na etiqueta da roupa!Pessoas podem usar o mesmo tamanho de uma roupa, mas terem formatos de corpo bem diferentes. Isso porque as formas do corpo variam de pessoa para pessoa, inclusive de acordo com a idade. O mesmo acontece com as cores...Não existe uma paleta de cores sazonais universais..Ela irá mudar com Você ao longo da sua vida.
 Não existe ninguém perfeito, mas as roupas certas podem transformar a imagem pessoal de qualquer um.Somos ou queremos comunicar.Então Vamos comunicar certo e de forma real e objetiva!
Atualmente no mundo globalizado, de acordo com a tua visão ,qual é a colocação da real beleza? 

Qual preço, taxa teremos quê adebitar por estas? Temos quê aceitar a nova condição de  micro ship modernizada indentificadas como  "mulheres frutas,geométricas,estações do ano "para está apâr com as novas mudanças  estéticas  e sermos indentificadas nestas?... Sermos ou não sermos , êis a questão ? Sermos  tratadas como coisas, bonitas, feias, estranhas,magra, gordas,sermos cool ou glam,só porquê tantas outras jovens mulheres desejam ser  a "nova fruta" ou a nova fashion blogger ou It girl " cujo processo de reificação é ainda mais intenso e esterótipado de quanto queremos adimirtir?

 To be or not to be,this is the question ?


O conceito corporal  feminino passou,por um revolucionário  percurso histórico de representações visuais e liguagem não verbais estéticos. Mais de centenas de anos se passaram e, houve uma mudança em relação ao corpo, vendo o corpo como parte da identidade de alguém e não só peçados de corpos imaginados como frutas – não em uma forma puramente física, mas como um significado de uma expressão profunda de si mesmo. David Gauntlett reconhece a importância da maleabilidade na identidade física, dizendo: “o corpo é a expressão exterior de si mesmo, para ser aperfeiçoada e trabalhada nela”.Um dos muitos fatores-chave na criação do desejo por uma forma de corpo particular – muito notavelmente para mulheres – é a mídia, que promove um número dos chamados formas de corpo “ideais”.As figuras  proposta pela  moda são frequentemente inatingíveis pela maioria da população, e sua popularidade tende a ser curta devido a sua natureza arbitrária.

Escolher,as roupas que realçam as suas formas é fundamental para ser  sentir mais atraente,com auto estima  e harmonioso. Se uma mulher tentar usar um tubinho  e tiver a   forma de pêra,o  vestido definitivamente não vai subir nos quadris. Ou uma maçã ou triângulo invertido com seios grandes com um vestido anos 50! O primeiro pensamento (porque nós, as mulheres são sempre ligeiramente crítica) será "Oh, eu tenho que ir fazer uma dieta! Meus quadris não entram mais nas roupas,meus seios são enormes, preciso fazer cirurgia!. " Na verdade os quadris iria entrar em roupas certas,em uma vestido godê,e não com um uma roupa da retângulo ! Seus seios seriam mais confortáveis em um decote a U ou V transpassado!
Cada uma de nós ,somos únicas, por isso há muitas variações  do mesmo biótipo  e na verdade ( cerca 21 variações das 7 formas que conhecemos)!
é precisamente por isso que muitos de vocês me perguntam: "mas eu não entendo exatamente que forma sou , eu tenho os seios  grandes para ser uma pêra? Eu tenho uma barriguinha saliente para ser uma retângulo eu não tenho a cintura assim fininha é definida para ser uma ampulheta, mas também eu tenho coxas cheinhas para ser uma oval! Eu tenho seios pequenos  e tornozelo grosso para ser triângulo invertido...
Então o segredo é encontrar a primeira forma do corpo que" se encaixamos "que é onde a gordura é distribuída imediatamente ,quando ganhamos excesso de peso!basta ter um par de quilosa mais em seguida, analisar cada caso, o restante dos formulários. Que você encontra aqui no blog!

A real beleza de um corpo ,não deve ser descrita na etiqueta da roupa!Pessoas podem usar o mesmo tamanho de uma roupa, mas terem formatos de corpo bem diferentes. Isso porque as formas do corpo variam de pessoa para pessoa, inclusive de acordo com a idade. O mesmo acontece com as cores...Não existe uma paleta de cores sazonais universais..Ela irá mudar com Você ao longo da sua vida. Não existe ninguém perfeito, mas as roupas certas podem transformar a imagem pessoal de qualquer um.Somos ou queremos comunicar.Então Vamos comunicar certo e de forma real e objetiva!
Seria absurdo pensar que no mundo existem apenas sete tipos de mulheres, não? Se tiver dúvidas envie fotos e encaminhe seu pedido ao central de consultoria de imagem a distância ( gratuitamente) para os membros dos clube! E eu vou te ajudar a definir teu biótipo,forma do rosto ou sub tom de pele! Tá esperando o quê?Não é o teu corpo que têm que mudar , e a roupa e as cores que você está usando neste instante,erroneâmente!Mas não é culpa sua...mude a opinião que você têm da sua imagem e a opinião que você acha que os outros formam sobre você ( dentro da tua cabeça!)

Nos próximo posts vou analisar uma por uma as várias formas do corpo com dicas
Pílulas de estilo) que vocêis jà encontram disponíveis, aqui no blog, sobre o que vestir e o que deve eliminar de seu guarda-roupa de acordo com cada biótipo e suas variantes...ficou empolga? Vem conferir.
Então, você descobriu que  forma,você é? Por exemplo, eu sou um triângulo invertido e você?

Até o pròximo artigo meus amores...

Um comentário:

Patricia Martins disse...

Gente! Poderosa essa blogueira, né? Eu vou postar agora o link na página do Mini Magna!
https://www.facebook.com/Mini-Magna-Tamanhos-Especiais-869036726551769/?ref=aymt_homepage_panel#